Alterações no intestino podem ser sinais de problemas

Neste artigo, vamos explicar por que você deve ficar atento ao funcionamento do seu intestino.
O intestino é um órgão muito importante para o nosso processo de digestão e qualquer alteração, por mínima que seja, em seu funcionamento regular pode ser o sintoma de algum tipo de doença ainda não diagnosticada.
A seguir, entenda melhor por que uma mudança no comportamento do intestino deve ser objeto da sua atenção.

Alterações no funcionamento do intestino podem ser um sinal do seu corpo

É claro que qualquer comportamento incomum em nosso corpo pode representar que algo está errado, mas quando se trata do intestino, esses sinais merecem ainda mais a nossa atenção. Existe uma faixa de tempo determinada pelos profissionais da saúde para estabelecer o que é considerado normal para o funcionamento regular de um intestino.

Se você evacua até três vezes por dia ou uma vez a cada três dias, você está nessa faixa em que se entende que o seu intestino está funcionando normalmente. Muitas pessoas sofrem com a prisão de ventre, e as causas geralmente estão relacionadas aos maus hábitos alimentares de uma pessoa que sofre com esse tipo de problema.

Para que o nosso intestino funcione da forma como lhe é esperada, é preciso contar com uma boa alimentação que tenha os nutrientes necessários para regularizar o processo de digestão. Pesquisas recentes revelam que cerca de 95% dos casso de prisão de ventre acontecem por conta de hábitos de vida e alimentares irregulares dos pacientes.

Por isso, para estimular o bom funcionamento do seu intestino, é bom procurar ter uma alimentação que seja rica em fibras, líquidos para hidratar o organismo, ingerindo especialmente uma boa quantidade de água por dia. Além disso, adotar uma rotina regular de exercícios físicos também estimula que o intestino funciona de forma mais adequada para o seu corpo.

Outros casos

É claro que existem outras causas para o problema da prisão de ventre, como o surgimento de doenças endócrinas, como a diabetes e a obesidade, medicações, doenças próprias do intestino e alguns tipos de câncer.

Para tratar cada uma dessas causas, é exigido um tipo de tratamento diferente.

Outra doença cujo sintoma é o irregular funcionamento do intestino é a doença hemorroidária, frequentemente confundida com a hemorroida que é mais comum e não caracteriza, necessariamente, uma doença. O tratamento para a doença hemorroidária nem sempre é feito por meio de cirurgias. Em uma boa parte dos casos, mudar os hábitos de alimentação e adotar um novo estilo de vida já é capaz de resolver esse problema.

Outro problema frequente que um intestino inconstante pode sugerir é a fissura anal, que é mais frequente em pessoas que tem o intestino preso. O tratamento para a fissura anal, geralmente, é uma medicação para diminuir as dores causadas e a indicação de alguma pomada que possa relaxar a musculatura do ânus.

Diferenças

A diferença principal entre a doença hemorroidária e a fissura anal está no tipo de sangramento.

O sangramento que é causado pela doença hemorroidária não faz com que o paciente sinta dores, diferente do sangramento da fissura anal que precisa ter suas dores diminuídas por meio de pomadas específicas. É importante ficar atento ao sangramento das fezes. Além das possibilidades aqui descritas, o sangramento que vem do intestino pode indicar doenças mais sérias como um tipo de câncer ou até uma doença sexualmente transmissível (DST).

Por isso, assim que notar qualquer mudança no comportamento comum do seu intestino, não perca tempo e procure um médico para verificar as causas e descobrir se essa alteração é a representação de um sintoma de algum problema mais grave.