Suco verde emagrece?

Suco verde emagrece?
Na Internet, a busca por dieta resulta em infinitas opções de suco verde, também popularmente conhecido como detox. Mas será que ele realmente tem o “poder” de liberar as toxinas do organismo, desinchar e até mesmo emagrecer?
Quem responde essas dúvidas é a Lígia dos Santos, Coordenadora do setor de Nutrição e Dietética no Hospital São Camilo de São Paulo.
O suco detox realmente é aliado à perda de peso? Alguns deles prometem secar a barriga. Isso é verdade?
Não temos evidências científicas que comprovem essa informação, mas podemos afirmar que esses sucos, quando associados a uma refeição equilibrada e à prática de exercícios físicos, podem, sim, ser grandes aliados à perda de peso e, consequentemente, ajudar na diminuição da barriga.
Qual seu real benefício à saúde?
O suco verde tem dois benefícios que merecem destaque: o primeiro é que é uma maneira simples de garantir o consumo de vegetais verdes e de frutas que fornecem as vitaminas e os minerais necessários para o organismo. O segundo é que eles contêm propriedades antioxidantes e fibras, que auxiliam no combate aos radicais livres, melhoram o funcionamento do sistema digestivo e dão mais vitalidade e energia, ajudando a diminuir o estresse.
É preciso procurar orientação médica antes de preparar qualquer receita de suco detox?
É indicado ter o acompanhamento de um profissional para adequação das receitas de sucos junto a uma alimentação balanceada, visto que o excesso de alguns alimentos, associados a algumas patologias e o manejo incorreto no preparo, podem causar alguns problemas relacionados à saúde.
Quais?
Alguns profissionais indicam que a couve crua, por exemplo, mesmo sendo rica em vitaminas, minerais e fibras, possui uma substância chamada pró-goitrina que, quando consumida em excesso, se transforma em goitrina, impedindo a entrada de iodo na glândula tireoide. Isso pode diminuir a liberação de hormônios e desencadear o hipotireoidismo. A orientação segura de consumo então, nesse caso, é de cinco folhas por dia.
Quais alimentos você indica usar na preparação desses sucos?
Ingredientes, como limão, melancia e laranja são fontes de vitamina C que têm ação antioxidante em razão da sua capacidade de varrer os radicais livres.
A maçã contém flavonoides que, após sofrer metabolização no intestino delgado, também atua como antioxidante. Acredita-se também que a ingestão regular dessa fruta auxilie na prevenção de doenças cardiovasculares.
As verduras são ricas em fibras e auxiliam na saciedade e no funcionamento/ regularização intestinal.
O gengibre melhora o processo digestivo e circulatório.
A água de coco hidrata e possui sódio, potássio, magnésio e é uma bebida diurética.
O mirtilo contém antioxidantes que diminuem os radicais livres e inflamação.
Qual a sua recomendação para consumo?
Qual a recomendação para consumo? 
O ideal é não passar de 1 a 2 copos por dia.
Chegou agora a hora das receitas. Você pode nos indicar algumas?
Receita 1
Ingredientes
Suco de 1 limão
200 ml água de Coco
1/2 folha de couve
2 maçãs
1 pedaço médio de gengibre
5 unidades de mirtilo
Modo de Preparo
Bater todos os ingredientes no liquidificador ou utilizar a centrífuga de alimentos.
Receita 2
Ingredientes
2 xícaras (chá) de espinafre
2 copos de pepinos cortados
1 cabeça de aipo
1 colher (chá) de gengibre
1 porção de salsa
2 maçãs cortadas
1 copo de suco de limão
Modo de preparo
Bata no liquidificador e adoce com mel. Também pode ser coado ou consumido naturalmente com os gomos, peles e sementes.
Receita 3
Ingredientes
2 fatias grossas de melancia
1 maço pequeno de salsinha
2 maçãs
2 talos de salsão com as folhas
3 talos de erva-doce (ou funcho)
1 cenoura
2 laranjas
2 folhas de couve
1 pepino inteiro
1 pera
1 punhado de brotos de alfafa
Modo de preparo
Bata no liquidificador e adoce com mel. Também pode ser coado ou consumido naturalmente com os gomos, peles e sementes.